O excesso de peso é, atualmente, um dos maiores problemas da sociedade de todo o mundo. De acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de jovens e crianças que sofrem com a obesidade cresceu mais de 10 vezes nas últimas quatro décadas.

A curto e longo prazo, submeter o organismo ao estresse de carregar um peso além do recomendado para o tipo de corpo e estilo de vida que o indivíduo leva não é nada bom. Essa realidade pode trazer inúmeros malefícios para as pessoas, como a presença de dores no corpo e o surgimento de diversas doenças. Com isso, a qualidade de vida é reduzida drasticamente.

Afinal, qual é a relação entre o sobrepeso e o aparecimento de tais problemas? A seguir, vamos conferir algumas informações que tirarão essa dúvida de uma vez por todas, além de conhecer os perigos do excesso de peso e conferir dicas para mantê-lo em um nível adequado. Boa leitura!

Qual é a relação entre o sobrepeso e as dores no corpo?

Antes de tratar da relação que ocorre entre o sobrepeso e as dores do corpo, é necessário contextualizar o excesso de peso. Dessa maneira, fica muito mais fácil compreender como essa situação pode afetar o organismo de forma sistêmica, ou seja, atingindo vários órgãos e sistemas simultaneamente.

O nosso corpo é gerido por processos conhecidos como reações, que podem ser tanto de origem física como química, com o auxílio de substâncias específicas e que ocorrem em um ambiente intracelular, ou seja, dentro das células.

A queima de calorias ocorre quando essas reações acontecem de maneira adequada. Para que um indivíduo perca peso, é necessário que o número de reações tenha um gasto calórico (ou seja, de energia) maior que aquele que é consumido por meio da alimentação.

Quando não nos movimentamos adequadamente ou temos alterações que modificam o nosso metabolismo, tornando-o mais lento (como é o caso de algumas doenças e problemas hormonais), o adicional energético não é gasto e se acumula no corpo por meio de lipídios (nome dado às gorduras) e açúcares (também chamados de carboidratos).

O excesso de peso, portanto, atinge não só os ossos e sistema musculoesquelético. Ele também é muito nocivo para os outros órgãos, podendo causar uma série de problemas graves para a nossa saúde, como veremos a seguir.

Quais são as principais doenças causadas pelo excesso de peso?

A seguir, vamos conferir algumas das principais doenças que podem ser causadas, entre outras razões, pelo excesso e acúmulo de gorduras e de peso no organismo. Boa leitura!

Artrite

Artrite é o nome dado às inflamações, de forma geral, que atingem as articulações do organismo. Os tratamentos podem incluir o uso de medicamentos ou terapias específicas, como a quiropraxia.

Vários fatores podem fazer com que esse problema se desenvolva, como traumas, doenças autoimunes e o avanço natural da idade. No entanto, o sobrepeso é um fator de risco, pois faz com que a carga recebida pelas articulações seja muito maior que o esperado.

Depressão

A depressão é, atualmente, um dos problemas mais graves enfrentados pela saúde pública. Todos os anos, milhares de pessoas são diagnosticadas com essa doença, que traz consequências gravíssimas para a vida e o bem-estar de seus portadores e deve ser tratada de maneira séria.

Embora muitos fatores possam estar relacionados com a depressão (desde critérios ambientais às heranças genéticas de cada indivíduo), a obesidade e o excesso de peso podem contribuir para as oscilações de humor ou alterações hormonais que agravam ainda mais o problema.

Fibromialgia

A fibromialgia é uma síndrome conhecida por causar dores muito intensas nos seus portadores. Essa sensação é muito generalizada e traz desconforto em articulações, músculos e ossos, por exemplo, dificultando a realização de tarefas e diminuindo a qualidade de vida das pessoas.

As causas da fibromialgia são muito variadas e englobam desde fatores genéticos aos traumas físicos e emocionais. Apesar disso, o excesso de peso também é um fator de risco para o surgimento do problema, graças ao estado de inflamação constante a que o corpo é submetido diariamente.

Diabetes tipo 2

Embora muito se fale sobre o diabetes do tipo 1, a variedade mais comum dessa doença é o diabetes tipo 2. Esse tipo de problema, ao contrário do primeiro, não é causado por fatores genéticos e não causa, muitas vezes, uma dependência completa de insulina.

Normalmente, é causado por alterações metabólicas que envolvem diretamente o excesso de peso dos pacientes. Por isso, mantê-lo em níveis sempre saudáveis é fundamental para prevenir o aparecimento do diabetes tipo 2.

Dores nas costas

Por fim, vamos tratar de um dos problemas mais temidos e, infelizmente, corriqueiros de nossa população: as dores nas costas. Esse tipo de ocorrência pode ter origem em várias causas, como traumas, falta de postura ou doenças preexistentes. No entanto, o sobrepeso também pode tanto causá-la como agravar os sintomas já existentes.

A razão pela qual isso acontece é muito semelhante à do problema conhecido como artrite. O sobrepeso causa uma sobrecarga nas articulações, ossos e outras estruturas fundamentais, alterando o equilíbrio e causando pontos de inflamações ao longo da coluna.

Como manter um peso saudável?

O primeiro passo para manter um peso dentro dos níveis considerados saudáveis é cuidar da alimentação, priorizando alimentos caseiros e de qualidade, além de investir em uma dieta equilibrada e balanceada. Evitar produtos industrializados, açúcares e frituras em excesso também é uma boa opção.

Manter o corpo hidratado, de preferência com a ingestão de água, é outra ótima maneira de deixar o metabolismo sempre acelerado e garantir que a queima calórica seja adequada. Isso acontece porque quase todas as reações do organismo acontecem por conta da hidratação correta das células.

Além disso, a prática regular de atividades físicas é fundamental para estimular a perda calórica e a ação do metabolismo. Ainda assim, há pessoas que não conseguem reduzir o peso corporal por conta de problemas de saúde. Nesses casos, o acompanhamento médico é essencial para garantir que tudo se equilibre.

Como podemos ver, o excesso de peso está intimamente relacionado com o surgimento de uma série de problemas de saúde, incluindo as dores pelo corpo. Por isso, a importância de mantê-lo com hábitos saudáveis vai muito além da estética, sendo uma questão de manter o organismo funcionando adequadamente.

Agora, que tal compartilhar este conteúdo nas redes sociais para que outras pessoas fiquem cientes dos perigos do excesso de peso? Assim, você ajuda seus amigos e conhecidos a prevenirem as temidas dores pelo corpo!