Você sofre com frequentes dores no corpo? Saiba, então, que isso pode ser um sinal de que algo não anda assim tão bem com a sua saúde. A razão para isso é simples: o nosso organismo tem mecanismos para nos dizer que precisamos nos cuidar melhor e a sensação de dor é um deles.

O nosso corpo funciona como uma máquina. Pare para refletir: agora mesmo, enquanto você lê este texto, milhares de reações ocorrem em sincronia em seu organismo. Células estão morrendo e outras estão se multiplicando, seus hormônios estão sendo secretados e o coração bombeia oxigênio para todos os tecidos.

Tudo isso ocorre ao mesmo tempo para garantir que você permaneça vivo. No entanto, precisamos colaborar para que todas essas reações ocorram da melhor maneira possível. Quando isso não acontece, o corpo emite sinais para que possamos ficar alertas.

Gostaria de saber quais são esses sinais e como é possível fazer com que essas dores reduzam ou sumam completamente? Continue a leitura!

Quais são as principais dores no corpo que nos indicam um problema?

A dor é uma estratégia do organismo para preservar a nossa vida. Com ela, sabemos exatamente quando parar em momentos de perigo (como a prática de esportes radicais, por exemplo), passamos a conhecer nossos limites e muitas outras coisas.

Ela é uma ferramenta importantíssima também para indicar que algo está errado, seja um problema crônico ou uma simples junção de alguns hábitos ruins. Confira, a seguir, as dores mais comuns:

  • dores de cabeça;
  • dores na coluna;
  • formigamentos;
  • enjoos;
  • dores no tórax;
  • sensação de queimação nos músculos;
  • cãibras frequentes;
  • inchaços;
  • dor na região abdominal;
  • tontura.

Esses sinais abrangem praticamente todos os sistemas do corpo. Caso note alguma ocorrência que não parece melhorar em alguns dias, procure ajuda de algum profissional da saúde!

Como podemos reduzir ou tratar essas dores?

Felizmente, as dores podem, muitas vezes, ser resolvidas ou reduzidas consideravelmente com alguns cuidados muito simples, como listamos a seguir.

Realizar atividades físicas periódicas

A realização de exercícios físicos trabalha o organismo como um todo. Se a sua dor tem origem no sedentarismo, ela muito provavelmente será resolvida com o fortalecimento de seu sistema musculoesquelético e os alongamentos promovidos pelos exercícios.

Se alimentar bem

É por meio da alimentação que entramos em contato com praticamente todos os nutrientes essenciais para a nossa vida e, consequentemente, para a realização das reações de nosso corpo. A falta de algum nutriente pode desencadear uma série de dores e sensações de mal-estar.

Tomar bastante água

Assim como a alimentação, a água é fundamental para que as reações em nosso organismo aconteçam. Afinal de contas, somos compostos em grande parte por ela, não é mesmo? A desidratação traz como sintomas uma grande variedade de dores, especialmente musculares e na região da cabeça.

Fazer quiropraxia

Por fim, não podemos deixar de fora a prática da quiropraxia. Investir nessa atividade é um grande passo em direção a uma vida repleta de qualidade e saúde. O tratamento lida diretamente nas causas das dores no corpo mais comuns e promovem um relaxamento mental, ajudando também no controle do estresse e outros problemas do gênero.

Agora que você já sabe quais dores no corpo podem indicar a presença de um problema e conhece alguns meios para tratá-las, o que você está esperando? Mude quanto antes os seus hábitos e tenha uma vida mais saudável!

Se você gostou do post, não deixe de assinar a nossa newsletter! Assim, você recebe todos os artigos em primeira mão, diretamente em seu e-mail. Até a próxima!

Quer saber mais sobre a quiropraxia e seus benefícios? Clique aqui e tenha acesso a este conteúdo exclusivo!