• Post category:Sintomas

A maioria de nós já sofreu, em algum momento, com dores no corpo. As dores nas costas, por exemplo, são extremamente comuns e atingem uma parcela muito grande da população. Os tratamentos para hérnia de disco e outras doenças são, portanto, extremamente importantes para devolver a qualidade de vida a essas pessoas.

A dor causada pela hérnia de disco é descrita como uma das mais fortes de todas. Esse tipo de problema costuma diminuir drasticamente a qualidade de vida dos seus portadores, além de reduzir a sua produtividade e torná-los mais isolados. Felizmente, a quiropraxia oferece soluções para esse desconforto, sempre de maneira não invasiva e duradoura.

A questão é como a quiropraxia atua no tratamento desse problema. O que é, afinal, a hérnia de disco? Quais são os principais sintomas dessa doença? A seguir, conversaremos um pouco sobre esse tema e tiraremos as suas principais dúvidas sobre o assunto! Vamos lá?

O que é hérnia de disco?

Antes de entender como a quiropraxia pode ajudar na redução dos sintomas da hérnia de disco, que tal compreender melhor o problema em si? Assim, fica muito mais fácil entender todos os benefícios trazidos por essa abordagem!

A espinha vertebral dos seres humanos, também conhecida como coluna, é um apanhado de 26 ossos (chamados de vértebras). Entre cada uma dessas estruturas, há outras conhecidas como discos. Eles funcionam como amortecedores de impacto e também ajudam a manter todos os ossos em seus devidos lugares.

Os discos são estruturas muito interessantes, que contam com um exterior composto por substâncias mais resistentes e um interior gelatinoso, como uma espécie de esponja. A hérnia de disco ocorre quando esse ‘’recheio’’ dos discos escapa por uma fenda, causando irritações, inflamações e muita dor na região.

Outra ocorrência muito comum causada por esse prolapso é a compressão de nervos da região. Como sabemos, a nossa coluna é altamente enervada e abriga boa parte das estruturas do sistema nervoso. Por isso, qualquer alteração nessa região pode trazer dores intensas aos pacientes que sofrem com esses problemas.

O que pode causar esse problema?

Diferentes fatores podem causar uma hérnia de disco, como traumas ou particularidades específicas. No entanto, a maior razão para a fissura dos discos e o prolapso de seu conteúdo interno é o desgaste gradual dessas estruturas, que pode ocorrer por conta de movimentos repetitivos (e mal realizados, com postura inadequada).

Assim, podemos relacionar alguns fatores de risco com as ocorrências da hérnia de disco. O primeiro deles é a idade avançada, já que com o passar dos anos o desgaste de tais estruturas e o ressecamento dos discos são muito mais frequentes.

Em seguida, temos o peso (que traz um estresse adicional para as vértebras), a genética (já que as pessoas podem ter predisposição natural para o desenvolvimento de hérnias de disco) e o tabagismo (que reduz a quantidade de oxigênio na corrente sanguínea e favorece o ressecamento dos discos).

O estilo de vida sedentário, com a falta de exercícios físicos regulares, também contribui para o surgimento das hérnias de disco. Por fim, podemos citar algumas profissões (especialmente aquelas com esforços repetitivos) e a postura inadequada na realização de movimentos.

Quais são os principais sintomas desse problema?

As hérnias de disco podem ocorrer na parte inferior das costas (conhecida como região lombar, de incidência muito maior) e mais raramente na parte superior. Isso fará com que alguns sintomas sejam diferentes, mas na maioria das vezes eles incluem fatores como:

  • dormência ou formigamento, por conta dos nervos comprimidos e afetados;
  • dores (principalmente nas pernas, quadris, pés e braços);
  • fraqueza;
  • perda de movimentos;
  • dificuldade em segurar objetos;
  • espasmos musculares;
  • queimação nos membros inferiores e superiores;
  • torcicolos frequentes;
  • cãibras;
  • travamentos e dores na coluna.

Algumas vezes, no entanto, a hérnia de disco pode apresentar poucos ou nenhum sintoma. Apesar de mais raros, esses casos podem ficar mascarados até chegarem em um estágio mais avançado, o que salienta a importância de checkups médicos regulares ou o acompanhamento com um quiropraxista qualificado.

Como a quiropraxia pode ajudar nessa situação?

Já que mencionamos a quiropraxia, que tal conversarmos sobre a atuação dessa abordagem no tratamento da hérnia de disco? Como já mencionamos, esse problema traz dores muito intensas, que podem ser atenuadas com o acompanhamento feito por um quiropraxista.

Na maioria das vezes, o tratamento médico inclui medicações. A maioria desses fármacos, embora eficientes, trata apenas a dor e não a real causa do problema, além de provocarem uma série de efeitos adversos e, muitas vezes, não poderem ser utilizados por longos períodos, sob o risco de danos a órgãos como o fígado e os rins.

Por isso, uma abordagem mais natural e pouco invasiva, como é o caso da quiropraxia, pode ser exatamente o que você precisa para recuperar a sua qualidade de vida e se livrar das dores incapacitantes causadas pela hérnia de disco.

O tratamento quiroprático é feito com o auxílio de técnicas de alongamento, que oferecem alívio e conforto progressivos e duradouros aos pacientes que têm hérnia de disco. Pouco a pouco, a inflamação causada pelos prolapsos é reduzida, e a pressão causada nos nervos é aliviada. Com isso, a dor é drasticamente reduzida e o paciente pode levar uma vida normal.

Além disso, a quiropraxia não utiliza medicamentos convencionais, o que deixa o corpo muito mais responsivo aos tratamentos utilizados e livre de compostos químicos que podem acabar prejudicando mais do que ajudando, especialmente a longo prazo.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre a quiropraxia como um dos tratamentos para hérnia de disco? Com os devidos cuidados e as consultas periódicas, é possível devolver progressivamente a qualidade de vida aos portadores desse problema! Consulte um quiropraxista e faça uma avaliação para descobrir se esse tipo de tratamento pode ser útil para o seu caso.

Ficou com alguma dúvida? Quer dar alguma sugestão? Não hesite, então, em entrar em contato com a gente! A nossa equipe está sempre à disposição para responder a todas as eventuais questões e bater um papo com você. Estamos no aguardo!